ZYGMUNT BAUMAN – “Na era da informação, a invisibilidade é equivalente à morte”

A frase “na era da informação, a invisibilidade é equivalente à morte”, dita pelo filósofo Zygmunt Bauman, nos traz a consciência de que, se antes da internet os excluídos e as minoras eram os que pertenciam ao grupo dos considerados “invisíveis” para a sociedade, atualmente, em uma sociedade que está imersa quase o tempo todo nas redes sociais, outro grupo surge em tal invisibilidade, a saber, os que estão fora da internet, os que não interagem nas redes sociais ou não a possuem, ou seja, as pessoas consideradas offline. Por isso, para não se sentirem excluídas e nem se sentirem “invisíveis”, as pessoas acabam vivendo cada vez mais em função das redes sociais e da internet, expondo-se livremente, já que é no ambiente online que essas pessoas são vistas e lembradas e fogem da solidão. Mas qual é o preço que pagamos por estarmos toda hora imersos no mundo virtual?

Autor: João Paulo Rodrigues

Referência:

Fernanda Barreira. O medo do invisível. Disponível em: https://mediaetpotere.wordpress.com/2013/04/10/o-medo-do-invisivel/

Deixe uma resposta