BEAUVOIR – NÃO SE NASCE MULHER, TORNA-SE MULHER

Na frase “Não se nasce mulher, torna-se mulher”, da filósofa Simone de Beauvoir, a filósofa defende uma separação entre o sexo e o gênero. O sexo é um fator biológico do corpo humano, já o gênero é uma construção social, ou seja, segundo Beauvoir, foi a sociedade dominada pelo homem quem determinou, no decorrer da história, como a mulher e o homem devem se comportar. Exemplos, que a mulher só pode usar rosa, brincar de boneca e brinquedos relativos a afazeres domésticos e que o homem deve usar azul, brincar de carrinho ou brinquedos relativos a profissões. Portanto, a mulher deve se libertar dessa determinação social que a limitou a ser aquilo que os homens queriam que ela fosse, para que assim possam ter uma vida autêntica e livre, mesmo sabendo que uma vida verdadeiramente autêntica traz mais riscos, mas também traz mais igualdade e liberdade.

Autor: João Paulo Rodrigues

Referências:

https://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2018/01/5-reflexoes-para-entender-o-pensamento-de-simone-de-beauvoir.html

Deixe uma resposta