O MUNDO DE SOFIA – LIVRO E FILME

Seja para os que querem continuar aprendendo filosofia de uma forma didática e divertida, ou para aqueles que querem estudar para algum vestibular, algum concurso ou para o enem, indico o livro O MUNDO DE SOFIA, um romance de 1991, do escritor e professor de filosofia norueguês Jostein Gaarder. O livro, originalmente escrito em norueguês, já foi traduzido para 60 línguas e já vendeu milhões de cópias ao redor do mundo.

O livro conta a história da Sofia Amundsen, que vive com a sua mãe Helene Amundsen. Perto de fazer 15 anos, Sofia começa a receber bilhetes estranhos, na qual estão escritos “quem é você?” e “de onde vem o mundo?”. Essas questões são o ponto de partida para que Sofia comece a filosofar. Além disso, ela também recebe cartões postais de um tal Major Albert Knag, que trabalha em uma unidade das forças de manutenção da paz da ONU no Líbano. Porém, o estranho é que os cartões postais são endereçados à filha do major, a saber, Hilde Knag, mas que ele envia aos cuidados da Sofia.

Logo mais Sofia descobre que os bilhetes são de um filósofo chamado Alberto Knox. Este começa a dar aulas de filosofia para Sofia, mas de um modo bem peculiar, por exemplo, para falar sobre os filósofos da Idade Média, Alberto se veste de monge e ensina filosofia para Sofia em uma antiga Igreja.

O livro conta de modo magistral a história clássica da filosofia ocidental, explicando o surgimento da filosofia, as teorias dos filósofos pré-socráticos, passando pelos filósofos clássicos gregos SócratesPlatão e Aristóteles, indo em direção à filosofia medieval, depois passando pelo Renascimento, explicando posteriormente as principais teorias dos filósofos da idade moderna e por fim chegando à filosofia contemporânea. Porém, Jostein Gaarder falha ao não apresentar, pelo menos um pouco, a história da filosofia oriental e africana, prendendo-se somente à filosofia ocidental. O autor também apresenta muito pouco sobre as mulheres filósofas, reservando poucas linhas para falar das contribuições que tiveram para os direitos das mulheres a ativista política Olympe de Gouges e a filósofa Simone de Beauvoir, sem mencionar, por exemplo, as pensadoras Hipátia de Alexandria e Hannah Arendt, que também foram muito importantes para a história da filosofia.

O mais interessante no livro é a quebra de parede que ele realiza, não no sentido da quebra da quarta parede, na qual a personagem conversa diretamente com o leitor, como faz o Deadpool, por exemplo, mas sim em um sentido de um livro que fala sobre alguém que está lendo um livro. Não vou entrar em detalhes para não dar spoilers, mas acredito que essa ideia vai chamar muito a atenção de vocês, pois se trata de uma percepção de leitura um pouco diferente daquilo que você já esteja habituado, por se tratar de um estilo que traz reflexões acerca de como pode ser o mundo das personagens literárias.

Em 1999, foi lançado na Noruega o filme “O Mundo de Sofia”, baseado no livro, que depois foi apresentado como minissérie na Austrália. Igual à maioria das adaptações de livros para o cinema, o filme deixa de fora muitos fatores importantes trabalhados no livro. Apesar disso, o filme consegue ilustrar bem a história da filosofia, através de uma espécie de viagem no tempo, dando vida aos importantes pensadores que viveram em todos os tempos históricos. Porém, o filme também muda aspectos essenciais, como é o caso do filósofo Alberto Knox, que apresenta ser muito distraído e explica apenas superficialmente os conteúdos de filosofia, o que não ocorre no livro, na qual o filósofo se mostra muito mais antenado e consciente acerca da história da filosofia e é quem define o plano para salvar a ele e a Sofia. No filme, porém, é a Sofia quem toma coragem para colocar o plano em prática e o Alberto se mostra um covarde, alterando toda a dinâmica e capacidade estratégica que o filósofo possui no livro.

O livro “O Mundo de Sofia” é fácil de ser encontrado nos sites de compra, além de serem muito baratos, sejam os livros novos encontrados nas livrarias, ou os livros usados encontrados nos mágicos lugares chamados sebos. Para aqueles que estão sem dinheiro ou que preferem ler o livro no celular ou no computador, coloquei um link do livro logo abaixo, em versão pdf. Já para os que gostam de audiobook, coloquei o link aqui embaixo também. O audiobook, dividido em duas partes, é interpretado de modo exemplar. Inclusive, deixo aqui outra dica, audiobooks são excelentes para aqueles que querem ler, ou melhor, ouvir livros, mas que não têm muito tempo para se debruçar sobre os livros impressos. No YouTube você encontra muitos audiobooks, creio que alguns irão te interessar. Também coloquei os links do filme, que está legendado em português e com o áudio original em norueguês.

Autor: João Paulo Rodrigues

Livro “O Mundo de Sofia” em pdf: https://leituramelhorviagem.files.wordpress.com/2017/05/jostein-gaarder-o-mundo-de-sofia-romance-da-histc3b3ria-da-filosofia.pdf

Áudio Book “O Mundo de Sofia”:

Parte 1: https://youtu.be/dL_ezG1vcTE

Parte 2: https://youtu.be/opCl8m9-aqc

Filme “O Mundo de Sofia”:

Parte 1: https://www.dailymotion.com/video/xjs35n

Parte 2: https://www.dailymotion.com/video/xjs656

Parte 3: https://www.dailymotion.com/video/xjswah

Parte 4: https://www.dailymotion.com/video/xjtfh9

Referências:

GAARDER, Jostein. O Mundo de Sofia: romance da história da filosofia. Trad. João Azenha Jr. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

https://pt.wikipedia.org/wiki/O_Mundo_de_Sofia

https://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=13331

Deixe uma resposta