SARTRE – O HOMEM ESTÁ CONDENADO A SER LIVRE

Para o filósofo existencialista Sartre, “o homem está condenado a ser livre”, afinal, nós somos condenados porque nós não nos criamos, nós não escolhemos nascer nesse mundo e nem de que modo nós nascemos. Mesmo assim, o significado que damos à nossa vida é parte da nossa liberdade de escolha, da qual não podemos fugir. Porém, nós somos inteiramente responsáveis pelos nossos atos, sem ninguém a quem culpar pelas nossas escolhas.

Mas, será que a nossa liberdade é tão ampla assim ou o meio social na qual a gente foi criado não tem uma certa influência em nossas decisões?

Autor: João Paulo Rodrigues

Referência:

https://educacao.uol.com.br/disciplinas/filosofia/existencialismo-o-homem-esta-condenado-a-ser-livre.htm

Deixe uma resposta